«

»

jun 08

Trabalhadores da Imbel/Juiz de Fora conseguem na Justiça direito ao café da manhã

A Justiça do Trabalho de Juiz de Fora (MG), em 1ª instância, determinou ontem (6/6) que a Imbel volte a fornecer café da manhã aos funcionários da unidade nesta cidade, sob pena de pagar R$ 200,00 de multa para cada trabalhador que não receber esse benefício.

Segundo o presidente do Sindicato dos Químicos de Juiz de Fora, Scipião Júnior, a Imbel terá, também, a título de indenização, de pagar retroativamente os funcionários que ficaram sem café da manhã desde outubro de 2015. “Como o valor é de R$ 5,00; será multiplicado pelos dias trabalhados até 6 de junho, quando saiu a veredito da Justiça”, explicou.

Audiência

No dia 15, uma comissão formada pelo presidente do Sindicato dos Químicos de Lorena, Jefferson Pinto Ferreira, o tesoureiro da Fequimfar (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Est. de SP) e o presidente da Fequimfar e 1º secretário da Força Sindical, Sérgio Luiz Leite, o Serginho, têm audiência com o senador Paulo Paim (PT/RS), no Senado, para discutir as arbitrariedades cometidas pela Imbel contra funcionários e dirigentes sindicais.

Campanha salarial

No dia 29 ocorrerá em Brasília outra negociação com a Imbel para discutir a proposta apresentada pelos sindicatos dos químicos nesta campanha salarial unificada, cuja data-base é 1º de abril. A categoria reivindica INPC integral, manutenção de todas as cláusulas do acordo coletivo, pagamento do abono de R$ 1.300 e a cesta de Natal.